-

Aromas: qual o cheiro ideal para os ambientes de sua casa

-
Cada residência possui uma marca, um estilo, uma personalidade e cada espaço também deve ter um aroma diferenciado. Em ambientes residenciais, o uso de aromatizantes contribui para o bem-estar e relaxamento da família.

Porém, escolher o aroma ideal para cada ambiente pode ser uma tarefa um pouco difícil. Os aromatizantes de ambientes evoluíram e agora são utilizados para contribuir na decoração também.

O tradicional incenso perdeu espaço para diversos produtos como sachês, velas perfumadas, aromatizantes elétricos, sprays e difusores, mas além de decidir o tipo de aromatizador, também é preciso saber escolher o aroma ideal para cada espaço.

-Tipos:
No quarto os aromatizantes elétricos cumprem melhor a função de perfumar, já que podem ser desligados em qualquer momento.
Para a sala, incensos e velas são as melhores opções e você acende somente quando estiver no local. Ou se preferir manter a sala sempre perfumada, a pedida são difusores com varetas, que espalham o aroma enquanto houver líquido no vidro.
Esses difusores são a melhor opção em banheiros e varandas.
Para outros ambientes e sempre que quiser, use um spray.
Mas atenção: não misture mais de dois aromas!

-No aspecto terapêutico:
Lavanda e sândalo, por exemplo, são tranquilizantes;
Cheiros amadeirados são revitalizantes e ajudam na renovação de energia;
Para amenizar a bronquite, rinite ou sinusite, pode-se usar eucalipto globulus ou hortelã pimenta.

– Ambientes:
Cada cômodo pede um aroma específico.
A sugestão é utilizar no banheiro os aromas que combatam o odor do ambiente. Por isso, as melhores opções são hortelã, pinho ou eucalipto.
Na sala, deve-se usar essências leves e alegres!
A dica são para os cítricos – que harmonizam, criam um ambiente confortante e jovial. Deve-se evitar aromas mais intensos como flores – rosa, jasmim, ylang ylang.

Já na cozinha, o aromatizante pode ser utilizado para ajudar a eliminar as moléculas de gordura que ficam no ar (abuse das águas perfumadas), utilize aromas cítricos (laranja, tangerina, limão) e outra opção é usar especiarias, que estimulam o apetite – alecrim, hortelã-pimenta, cravo, canela, manjerona.

Utilize nos dormitórios aromas destinados para relaxar como cardamomo, lírio do campo e jasmim. Outra recomendação é o uso de óleo essencial de lavanda, camomila, melissa, manjerona e mandarina.
Para criar um clima de romance, use os afrodisíacos, como ylang ylang, vetiver e alecrim, ou uma mistura do afrodisíaco patchuli.
Para ajudar a dormir, a dica é pingar umas 2 gotas de lavanda ou bergamota no travesseiro.
Em quarto de crianças agitadas, utilize laranja doce e capim limão para relaxar os pequenos.

Na área de estudos, aposte em limão, capim limão e hortelã-pimenta.

Em escritórios, também são recomendados aromas cítricos para aumentar a concentração e disposição.

O olfato é o mais marcante dos sentidos, mas é necessário algumas precauções, hipertensos e epiléticos devem evitar o uso do alecrim.

– Dicas de especialistas:
Mude a posição dos palitos nos difusores a cada 5 horas;
Após usar sprays evite o ambiente durante uma hora;
Pessoas alérgicas devem evitar produtos sintéticos, a dica é optar por óleos diluídos.

Na dúvida, consulte um arquiteto ou decorador que pode ajudar (e muito) na escolha!

1 responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *