,

Candidato leva multa após realizar campanha barulhenta

candidato-do-barulho

O período de eleições é marcado pela poluição em vários sentidos, já que estamos acostumados a ver os famosos “santinhos” sujando as ruas.

Além dos santinhos, também somos prejudicados com a poluição sonora, vinda de campanhas de candidatos que utilizam carros, trios elétricos ou até mesmo se instalam em praças públicas para realizarem suas campanhas.

Na cidade de Corumbá, no Mato Grosso do Sul, um candidato a vereador foi obrigado a interromper sua campanha eleitoral, além de ser multado após denúncias por parte dos vizinhos, que estavam incomodados com o alto volume utilizado por ele e sua equipe.

A Polícia Militar Ambiental foi até o local e após realizar a medição, verificou que o volume marcava 85 decibels, quando o máximo permitido seria de de 55 decibels.

O candidato foi multado em 5 mil reais e poderá responder por crime ambiental de poluição sonora, onde a pena pode variar de um a quatro anos de prisão.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *