, , , ,

Jovens, os fones de ouvidos e a perda de audição.

atenua-som-jovens-fone-ouvido-audicao-ruido

Ele está nas ruas, nos ônibus, nos escritórios e até em nossas casas. Os fones de ouvido estão presentes na nossa rotina – e principalmente dos jovens, que simplesmente não os desgrudam da orelha. Mas o uso impróprio e desregulado pode causar perda de audição ainda entre os 30 e 40 anos.

 

A professora de otorrinolaringologia da USP, Tanit Ganz Sanchez, coordenou um estudo, com apoio da Fapesp, com 170 adolescentes entre 11 a 17 anos e constatou que, caso a exposição ao ruído continue, eles poderão apresentar perda de audição antes de seus pais ou avós.

 

MAS COMO ALGO TÃO PEQUENO PODE PREJUDICAR NOSSA AUDIÇÃO?

 

Os fones emitem os sons direto em nosso canal auditivo, sem nenhum tipo de barreira que proteja nossos ouvidos, diferente dos sons propagados em um ambiente, que sofrem interferência dos materiais ao redor como paredes, móveis, pessoas, diminuindo a pressão sonora que chega até nosso tímpano.

O que também prejudica nossa audição é uma combinação entre o volume e o tempo de exposição ao som. Como esclarece o otorrinolaringologista Ricardo Testa, do Hospital Paulista,  “A intensidade máxima que não prejudica é de 85 decibéis. Se estiver nessa altura, o limite de tempo é de oito horas por dia”.

Pode parecer muito, mas os nossos smartphones alcançam entre 75 dB a 136 dB. Além disso, o tempo limite cai pela metade a cada 5 dB, ou seja, aumentar o som para 100 dB deixaria você com apenas uma hora de música. E com certeza você tem aquele amigo ou amiga que não tira o fone para nada.

O problema é que a perda auditiva é lenta: as pessoas levam em média 7 anos para detectá-la e iniciar o tratamento.

Até os modelos podem influenciar. Aquele com o plug intra-auricular entra no tubo auditivo e prejudica mais. Já os de concha são melhores porque isolam barulhos externos, o que impede exageros no volume.

 atenua-som-fones-ruido

 CALMA, NÃO É PRECISO JOGAR O SEU FIEL COMPANHEIRO NO LIXO

Para evitar chegar a isso, fique alerta para os sintomas iniciais, que são zumbidos, sensação de ouvido tapado e dificuldade em entender o que as pessoas falam em ambientes ruidosos. Se tiver alguns desses sinais, a recomendação é procurar um médico e fazer exame de audiometria ao menos uma vez ao ano.

 

Veja também algumas dicas para manter sua saúde auditiva em dia:

 

Atenção ao volume! – Se a escala for de 0 a 10, tente manter no 5;

Seus ouvidos também merecem descanso – Faça repousos sonoros, preferencialmente de 1 a 2 horas por dia;

Esquerdo, Direito, Esquerdo, Direito – Se você tem mania de usar apenas em um lado, alterne de vez em quando;

 

Escute seu ouvido – Alguns sinais de superestimulação ao tirar o fone: sensação de dor, abafamento ou zumbido.

Escolha seu modelo sabiamente – Dê preferência aos que fones que ficam por fora da orelha. Como citado antes, eles prejudicam menos.

 

Se você se interessou, confira também 6 coisas do dia a dia que podem comprometer sua audição!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *