Assista vídeo da revista “O Vidroplano” realizado na Expo Revestir

A 13ª edição da Expo Revestir, realizada de 3 a 6 de março no Transamerica Expo Center, apresentou diversas novidades em acabamentos relacionados ao nosso setor.

A Atenua Som esteve presente na Expo Revestir e apresentou as novidades em portas e janelas que oferecem conforto acústico, leia a matéria em: Atenua Som na ExpoRevestir – A Fashion Week da Arquitetura e Construção.

Confira acima vídeo realizado pela revista “O Vidroplano”.

27a 29 de abril – Seminário em São Paulo discute o combate à poluição sonora

-

Em parceria com a Câmara Municipal de São Paulo, a Associação Brasileira para a Qualidade Acústica (ProAcústica)  promove a segunda edição da “Conferência Municipal sobre Ruído, Vibração e Perturbação Sonora” durante os dias 27 e 29 de abril.

Com painéis temáticos e palestrantes internacionais, o evento – gratuito e aberto ao público – tem como objetivo traçar um panorama sobre os problemas que a poluição sonora causa à saúde humana.

Este ano, a conferência abordará questões sobre a Lei de Uso e Ocupação do Solo e novas tecnologias para gestão de ruídos, considerando implantação de redes de monitoramento e a elaboração do projeto de lei sobre o Mapa do Ruído Urbano, em trâmite na Câmara.

Além dos debates, o evento contará com atividades interativas, que visam exemplificar a importância do combate a poluição sonora e reforçar o apelo à aprovação de legislações que regulamentem estudos sobre o ambiente acústico da cidade. No dia 29, técnicos associados da ProAcústica realizarão a medição dos níveis de ruído presentes no entorno do prédio da Câmara.

A inscrição é gratuita é a inscrição deve ser realizada no site oficial do evento.
Acesse: www.conferenciaruidosp.com.br

Conferência Municipal sobre Ruído, Vibração e Perturbação Sonora
Local: Câmara Municipal de São Paulo – Salão Nobre Presidente João Brasil Vita
Data: 27 e 29 de abril
Endereço: Viaduto Jacareí, 100 – Centro – São Paulo

Efeitos da poluição sonora de navios sobre a vida marinha

-

Devido à evolução da indústria marítima em termos de tecnologia e com aumento de translado no sistema portuário de vários países, os efeitos ambientais estão chegando à tona.

A vida marinha é extremamente sensível à poluição sonora; devido à sua dependência de sons subaquáticos para as funções básicas da vida – como busca de alimento, comunicação entre as espécies e um forte mecanismo de defesa – a poluição sonora submarina perturba a vida marinha de formas mais graves.

Quando falamos em poluição sonora nos oceanos, incluem desde o barulho de navios que emitem uma frequência sonar amplamente utilizado na detecção de submarinos, barulho do tráfego de jet ski em áreas costeiras e até toda a parte comercial da exploração de petróleo e gás.

Estudos declaram que esses ruídos podem não ter nenhum impacto sobre o homem, mas são prejudiciais para a população de cetáceos (baleias e golfinhos). A morte de animais pode ocorrer em poucas horas após a exposição ao extremo ruído subaquático.

A imagem que ilustra esta matéria aconteceu após um exercício tático sonar do exército americano, os efeitos foram relatados em regiões como a Grécia, Hawai, Espanha e em áreas costeiras americanas.

Tóquio tem reclamações de crianças em creches e pode alterar regras de poluição sonora

-
O governo metropolitano de Tóquio está alterando as regras na área de poluição sonora em um esforço para diminuir a reclamação do barulho realizado por crianças da pré-escola.

O assunto surgiu durante a abertura de um berçário na cidade de Meguro Ward que ultrapassou os níveis de ruídos especificados. A utilização do espaço foi suspensa por tempo indeterminado devido à oposição dos moradores locais.

A creche Sakurasaku Hoikuen destaca um dos muitos obstáculos enfrentados pelo primeiro-ministro Shinzo Abe que deseja incentivar as mães ao retorno para o mercado de trabalho e assim revitalizar a economia, que sofre de uma força de trabalho cada vez menor em meio a uma baixa taxa de natalidade e maior expectativa de vida.

Uma petição para desativar a creche de Meguro Ward atraiu mais de 200 assinaturas, levando a empresa a mudar os planos e suspender o atendimento.

“Nós realizamos todos os requisitos necessários para utilizar o prédio, e não somos obrigados a obter a aprovação dos moradores locais”, disse o porta-voz. “Mas teremos que suspender o serviço para obter um bom relacionamento com os moradores da região.”

Os moradores reclamam principalmente do barulho, mas disseram que também estavam preocupados com os pais bloquearem um estreito beco em frente ao prédio com carros ou bicicletas.

Em outubro passado, um homem foi preso por supostamente ameaçar um pai com um machado perto de uma creche no bairro de Kokubunji, aparentemente irritado com o barulho do estabelecimento.

Quase 20% dos pedidos para construir novas creches em um bairro residencial de Setagaya foram atrasados ​por ​queixas de moradores, informou o prefeito à mídia local. Cerca de 43 mil crianças estão à espera de vagas em creches no Japão, relata o ministério do trabalho que aguarda o retorno das mães ao mercado de trabalho.

Mundo Corporativo: Ambiente de trabalho barulhento pode afetar sua produtividade

-
Alguma vez você já tentou trabalhar em um determinado ambiente de trabalho que era muito barulhento e simplesmente não conseguia encontrar uma maneira de manter o foco?

Não se preocupe. Você não está sozinho.

Um estudo realizado na Universidade de Cambridge confirmou que a conversa entre funcionários que dividem o mesmo ambiente de trabalho costuma distrair 30% das pessoas que trabalham em escritórios abertos.

No entanto, pesquisadores de acústica descobriram que existem tipos diferentes de situações em que o barulho pode ser ou não um problema para a sua concentração:

Exemplo 1:
– você está em um restaurante fast-food e decide usar o wi-fi para trabalhar durante algum tempo.
Neste ambiente haveria inúmeras situações e um “ruído abafado” com muitas informações.
O som inaudível leva as pessoas a ignorá-lo.

Exemplo 2:
– um ambiente transmitindo o noticiário da TV.
Especialistas dizem que este tipo de distração é causada pela capacidade de entender claramente o diálogo do ambiente.

Qual é a solução?
Você pode desejar manter o equilíbrio, então a sugestão é encontrar um ambiente onde o ruído é menos agressivo.
Lembre-se, quanto mais claro você ouvir o que está sendo dito, o mais perturbador será para manter a concentração.