Confira resumo do XXV Encontro SOBRAC

-

Durante os três dias de realização do XXV Encontro SOBRAC, de 20 a 22 de outubro, no Centro de Convenções do Vitória Hotel Concept Campinas, em Campinas (SP), os auditórios estiveram repletos de participantes, demonstrando o interesse pela atualização na área de Acústica e Vibrações buscando novidades sobre equipamentos, tecnologia e aplicações.

Diante do tema “Acústica e Vibrações: Qualidade de ambientes internos e externos”, foram inúmeras as contribuições provenientes das palestras, minicursos e sessões técnicas, com participação autoridades internacionais e destacados especialistas brasileiros, além de cerca de 200 participantes inscritos. Pelo objetivo do encontro, os mais de cem trabalhos técnicos apresentados corresponderam à demanda de uma área que requer cada vez mais dedicação e eficiência.

A professora Stelamaris Rolla Bertoli, do Departamento de Arquitetura e Construção da Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo da UNICAMP e coordenadora do Encontro, avaliou o evento como muito produtivo. “É muito gratificante chegar ao final da jornada, após tantos preparativos, e perceber que foi possível promover importantes discussões e atualizações, e ainda receber os cumprimentos de colegas, inclusive organizadores de outros seminários, declarando que a organização deste Encontro SOBRAC foi excelente”, afirma a docente. A professora Stelamaris comenta ainda que “a grande marca dessa edição do Encontro foi a integração, com uma evidente troca de informações entre profissionais experientes e a nova geração, ainda em início de carreira, num intercâmbio dinâmico e profícuo”.

Sob coordenação científica do professor José Augusto Mannis, também docente da UNICAMP, toda a programação foi idealizada para abranger as principais temáticas, entre as quais se destacam as sessões técnicas sobre Acústica de edificações; Acústica de salas; Acústica musical; Ruído ambiental; Acústica Submarina; Controle de ruído e vibrações; Processamento de sinais em acústica e vibrações; Ensino de acústica e vibrações e Efeitos do ruído no ser humano. “Concluído com sucesso, o Encontro fica marcado pela imensa sinergia entre pesquisadores e profissionais do setor, com intensa satisfação que deve perdurar por mais um período, até a próxima edição”, declarou Mannis.

Os palestrantes brasileiros são referências acadêmicas. O professor Newton Sue Soeiro, da Universidade Federal do Pará, dos Cursos de Engenharia Mecânica e Engenharia Naval abordou sobre os efeitos do vento nas edificações verticalizadas , e o professor Mario Manoel Rollo Junior, que atua em comunicação sonora de vertebrados aquáticos, biofonia, paisagens sonoras marinhas, ecologia geoespacial marinha e dinâmica de populações de vertebrados marinhos.

De Portugal, houve a participação do professor doutor Jorge Patrício, Pesquisador do LNEC – Laboratório Nacional de Engenharia Civil; o especialista belga presente no evento foi o professor doutor Dick Botteldooren, pesquisador e docento do Department of Information Technology, da Ghent University; da França veio o professor doutor Oliver Warusfel, chefe da equipe de Acústica e Espaços cognitivos no Institut de Recherche et Coordination Acoustique/Musique (IRCAM), e, da Alemanha, compareceu o professor doutor Michael Vorlander, físico, docente e pesquisador do Institute of Technical Acoustics de RWTH Aachen University.

Representantes de importantes instituições de pesquisa relacionadas com aplicações da acústica participaram do Encontro SOBRAC que, entre outros debates, tratou de valorizar a entrada em vigor no Brasil da norma de desempenho de edificações (ABNT NBR 15.575), e da ampliação das discussões sobre mapeamento de ruído das cidades. Outra atração foi a exposição que reuniu diversos fornecedores de produtos e serviços da área de acústica e vibrações, possibilitando a apresentação de materiais e tecnologia inovadores no mercado ao publico presente no evento. Expositores e público tiveram oportuna interação.

Depois de intensa imersão na temática, os principais envolvidos reconhecem a importância de aplicar os conhecimentos e trocar experiências, como declarou a professora Dinara Paixão, presidente da Sociedade Brasileira de Acústica: “A plateia repleta é que faz a entidade e precisamos trabalhar juntos para que a área de acústica seja realmente reconhecida no Brasil.

O Encontro SOBRAC é, acima de tudo, um momento de reflexão, quando o benefício do conhecimento se une as possibilidades de confraternização”.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *