Posts

O poder dos líderes

Será que entendemos o poder de influência que exercemos nas pessoas com quem convivemos? A forma com que lidamos com as situações do dia a dia e a maneira com que tomamos as decisões servem de inspiração para quem está ao nosso redor. E quando você é líder de um grupo de pessoas na empresa em que trabalha, essa influência é potencializada: são muitas pessoas aprendendo com você! A sua forma de lidar com os problemas, com os imprevistos e circunstâncias. Isso nos traz uma grande oportunidade de transmitir valores, de mostrar uma forma de lidar com o mundo que talvez o outro não tenha nunca pensado. É a partir daí que ele pode se tornar um melhor pai ou mãe, um melhor marido ou esposa, um melhor filho, uma pessoa melhor. Despertar o potencial que às vezes nem ele sabe que tem. Que dádiva! E que responsabilidade!! Afinal a liderança funciona pelo exemplo, sempre. Assim como o filho que imita o pai em suas ações e não em suas palavras. Não adianta falar pro filho que ele deve ter um estilo de vida saudável e não fazer o mesmo, o filho vai copiar o que o pai faz e não o que o pai fala para fazer.

Com essa perspectiva é possível aprofundar os objetivos da empresa/do seu trabalho. A busca do tal do propósito que se têm falado por aí. Falar em propósito pode parecer romanceado demais, mas existem evidências de que empresas com propósito geram mais resultados que outras. Tornam os colaboradores mais engajados, promovem relações saudáveis com seus fornecedores, entregam mais valor aos seus clientes e assim trazem um retorno muito maior! É um ciclo virtuoso. Quanto maior o seu propósito, maior seu lucro e quanto maior seu lucro, mais você consegue fazer. Aliás, existe uma reflexão importante nisso: a de que não é necessário escolher entre abundância e felicidade. Você não precisa atribuir sua felicidade aos bens materiais, mas você pode tê-los. O dinheiro faz você chegar mais longe, atingir mais pessoas. A felicidade real vem de um lugar mais profundo que dinheiro por si só, do real significado do que você faz. Mas o dinheiro não é errado, ele é importante! Ele faz você chegar mais longe. O lucro para uma empresa é como se fosse o ar que a gente respira. Sem ar nós não sobrevivemos! Porém respirar não é nosso objetivo de vida. Eu não acordo e digo “hoje eu vou respirar!”. Não, eu acordo, respiro e tenho meus objetivos. Assim como respirar me ajuda a viver e cumprir meus objetivos, uma empresa precisa de lucro para viver e conseguir realizar sua missão. Sempre pensei que ter uma empresa só para lucrar é raso demais! Lógico que sustentar nossas famílias é um propósito muito válido e legítimo. Mas o que mundo perde se sua empresa deixar de existir? O negócio em si apenas? Por que não gerar um impacto positivo na sociedade? Contribuir para um mundo melhor? O propósito é a bússola. Com propósito os líderes conseguem se orientar ao seu destino. Líderes de propósito não administram, eles cativam as pessoas. Não executam tarefas simplesmente. Os colaboradores buscam alguém que os escute, alguém em quem possam confiar, alguém que os encoraje a tomar as medidas necessárias.

E você pode estar se perguntando: como então encontrar meu propósito? Joey Reiman, em seu livro “Propósito”, sugere que você comece fazendo duas perguntas: O que eu faço bem? O que o mundo precisa? É juntando os nossos talentos com as necessidades do mundo que encontramos nosso propósito. Você tem o poder de transformar a sociedade por meio do seu trabalho. O meu objetivo com esse artigo é despertar em você a noção do poder que você e sua empresa possuem de impactar a sociedade de uma maneira positiva e significativa. As empresas são feitas de pessoas que realizam negócios com pessoas. Propósito é o que inspira pessoas a fazerem grandes coisas por longos períodos de tempo. O propósito dos negócios é atribuir maior valor à vida das pessoas e o lucro vem como consequência. Meu convite é que a partir de hoje você preste atenção em cada atitude e passo que dá no seu dia a dia e perceba que seu time está aprendendo com você o tempo todo. Pense na sua responsabilidade como líder, fique atento às suas ações e ouse empenhar-se em fazer do mundo um lugar melhor.

Nicole Fischer

6 dicas de acústica para minimizar barulhos incômodos no home office

Manter os barulhos indesejados fora das nossas vidas é uma questão de saúde, e quando estamos em casa no nosso momento de descanso ou para algumas pessoas trabalhando em Homeoffice, manter o espaço silencioso é fundamental. Aqui no Blog temos várias matérias que explicam melhor a importância de um bom isolamento acústico.

Mas hoje traremos algumas dicas que o pessoal da Hora de Santa Catariana preparou para minimizar os problemas de ruídos durante o Homeoffice. São dicas importantes e fáceis que vão ajudar e muito a sua vida.

Seis dicas para melhorar a acústica no home office

Escolha um cômodo longe da rua: o barulho emitido por veículos em ruas e rodovias é a principal fonte de ruído em grandes cidades. Por isso, a primeira dica é escolher como local de trabalho um cômodo que esteja o mais distante possível da rua.

— Às vezes é difícil, mas se puder, tente remanejar um cômodo para servir de escritório nesse período — fala o doutor em engenharia ambiental e acústica, Pablo Serrano, idealizador do http://portalacustica.info/

Aproveite mobílias e revestimentos que absorvam o som: móveis, livros, tapetes, cortinas e outros itens que as pessoas têm em casa ajudam na absorção do som e são grandes aliados na hora de gravar ou transmitir conteúdos em áudio ou vídeo.

— Se sua sala tem pouca mobília e paredes de alvenaria pintadas, considere colocar painéis de absorção sonora em pontos estratégicos, como atrás do seu monitor, na parede atrás de você, logo aos lados, e no teto logo acima de você, na meia distância entre o monitor e a sua cabeça — sugere Serrano.

Sempre que possível, use equipamentos direcionais: a escolha do microfone adequado interfere na qualidade do áudio. Por isso, opte sempre por equipamentos direcionais, ou seja, aqueles que captam mais diretamente a voz e não os sons que estão ao redor. Headsets com microfones próximos à boca são boas alternativas. Microfones de lapela, gravadores direcionais e até mesmo o microfone do fone de ouvido do celular são alguns exemplos de equipamentos que permitem uma captação mais direcionada e limpa do som.

Escolha os melhores horários para gravação: independentemente de todas as dicas, é provável que cada casa esteja mais silenciosa em determinados horários do dia. Descobrir qual é o melhor horário para gravar ou fazer lives contribui para que o conteúdo tenha mais qualidade sonora.

Invista em janelas acústicas: portas e janelas servem não apenas para garantir privacidade ao seu local de trabalho, mas também atuam como barreiras para o som. Mas janelas comuns não são tão eficientes contra o tráfego de veículos, sons de obra ou vizinhos barulhentos.

Se seu trabalho em casa é algo permanente e seu ambiente apresenta problemas de ruídos muito graves, o ideal é ter janelas acústicas ou antirruído que são geralmente compostas por vidros duplos separados por uma câmara de ar ou uma camada de película de polivinil butiral, o PVB. Quanto mais densa a esquadria da janela (alumínio, ferro), mais ela irá isolar o som, visto que pelo vidro é sempre mais previsível saber o quanto de som passa.

A escolha do tipo de janela acústica varia de acordo com o ambiente, por isso, consultar especialistas em isolamento acústico é primordial antes de começar a construir. Se tudo já está construído, soluções de sobreposição são uma ótima alternativa que evita obras e é muito rápido de instalar.

Revestimentos acústicos: assim como no caso das janelas, um investimento que pode ser necessário é em revestimentos acústicos. Eles são feitos com materiais cujas propriedades acústicas atenuam o som dos ruídos externos ou ruídos de dentro do ambiente.

— Hoje existe uma enorme quantidade de produtos, materiais e dispositivos acústicos disponíveis no mercado, muitos deles podendo ser customizados. Um especialista em acústica pode te ajudar a escolher a opção mais adequada para o seu escritório em casa — explica Serrano.

Fonte: https://www.nsctotal.com.br/noticias/6-dicas-de-acustica-para-minimizar-barulhos-incomodos-no-home-office

Imagem:<a href=’https://br.freepik.com/fotos-vetores-gratis/negocio’>Negócio foto criado por yanalya – br.freepik.com</a>

 

 

Dicas de boa convivência sonora entre vizinhos

 

O combate ao COVID-19 exige alguns sacríficos, a necessidade de isolamento social transformou a vida das pessoas. O fechamento dos comércios, locais de convívio, escolas e muitas empresas colocando os seus profissionais em Home Office resultou em zonas residenciais ocupadas o dia todo e nunca se percebeu tanto os ruídos à nossa volta. Como forma de atenuar os possíveis conflitos sonoros entre vizinhos, a Pró Acústica lança o guia “dicas de boa convivência sonora em condomínios”.

O lançamento do guia faz parte da campanha #sonsqueamamos integrando ao calendário do Ano Internacional do Som 2020/21.

Focado em esclarecer dúvidas sonoras, o guia é uma ótima dica de leitura rápida e produtiva, com dicas, fatos e quiz que irão ajudar no convívio em condômino.

Para download do guia ou pra conhecer mais sofre a campanha acesse o site da ProAcústica.

O barulho pode ser prejudicial para o cérebro das crianças

A poluição sonora é um problema que afeta a todos e com as crianças não é diferente. Pelo contrário, a sensibilidade auditiva dos pequenos pode ser ainda mais afetada. O barulho está por toda parte e as crianças precisam enfrentá-lo em casa, na rua e na escola. Com o passar do tempo, os ruídos vão afetando a saúde e o desenvolvimento de forma silenciosa.

O cuidado com a saúde auditiva deve ser controlado

A Associação Brasileira de Normas Técnicas orienta que uma casa ou escola não ultrapassem o limite de volume de 50 decibéis. Esse número equivale ao barulho que duas pessoas fazem enquanto conversam ou de uma biblioteca em funcionamento.

Ao ultrapassá-lo, o corpo pode começar a liberar os hormônios responsáveis pelo estresse e até aumentar a pressão sanguínea. Quanto mais demorado ou frequente é o barulho, maiores serão as conseqüências, podendo causar perdas cognitivas, problemas com a concentração e até afetar a memória.

Os riscos dos ambientes barulhentos para as crianças

Ter contato frequente com o barulho, como por muitos anos, por exemplo, pode causar desvios no desenvolvimento da fala e da escrita da criança.

Os batimentos cardíacos das crianças em ambientes barulhentos são significativamente mais acelerados. Além disso, a criança pode se tornar mais agressiva, barulhenta, estressada e desenvolver problemas para dormir.

Como mudar a realidade de um espaço barulhento?

Em sala de aula, algumas medidas podem ser tomadas, como por exemplo:

  • reorganizar os ambientes para montar grupos menores por toda a sala;
  • criar núcleos de trabalho fechados, para que as crianças possam se concentrar;
  • treinar movimentos mais leves e fala mais baixa, entre os adultos.

Em casa, o que pode ser feito é:

  • desligar a televisão quando ninguém está assistindo e não usá-la como companhia;
  • ter períodos do dia sem áudios ou qualquer tela;
  • diminuir os ruídos e o som da voz quando as crianças estão concentradas;
  • usar janelas antiruídos em ambientes barulhentos;
  • mudar para vizinhanças mais silenciosas, se for possível;
  • sempre que a poluição sonora vier de um ponto específico, como estabelecimento, busque o amparo da lei.

Percebemos o quanto um ambiente é barulhento apenas quando fazemos silêncio. Ambientes que são barulhentos o tempo inteiro não favorecem essa percepção, com isso nossa saúde pode ser prejudicada de forma paradoxalmente silenciosa.

Promover o silêncio ou oferecer um ambiente menos ruidoso é um benefício que proporcionamos às nossas crianças. Não quer dizer que, para isso, precisem ser controlados ou ter suas formas de expressão inibidas. Pelo contrário, o objetivo é dar espaço para o que realmente tem importância.

Feliz 2016 – 16 novas atitudes!

2016

Antes de iniciar um ano novo é interessante avaliar e deixar de lado alguns hábitos.

Você não pode iniciar uma nova etapa da vida amarrado em coisas do passado, pense em modificar aqueles seus hábitos e pensamentos negativos para conquistar uma temporada cheia de sucesso!

Abaixo selecionamos 16 dicas para criar um futuro espetacular!

1. Sinta confiança ao realizar suas tarefas
Ninguém é sempre 100% preparado para as oportunidades que surgem no decorrer do ano.
As melhores oportunidades pedem a superação de alguns limites, mas você é capaz!
Dica: Sempre tenha um plano B.

2. Viva um dia de cada vez!
Aprendemos com acontecimentos do passado, mas tudo o que você pode fazer agora é viver o momento.

3. Realize suas promessas
A maneira mais rápida de perder credibilidade é quebrar suas promessas.
Quebrar sua credibilidade pode arruinar uma reputação que você trabalhou para conquistar.
Se você planejou fazer algo, faça!
Peça ajuda aos amigos, sempre existe uma possibilidade!

4. Faça sempre o seu melhor!
Faça o que puder para estabelecer seus padrões elevados, depois faça tudo o que puder para conquista-los.

5. Estabeleça metas pessoais e sinta-se feliz ao cumpri-las
Ficar se comparando com os outros e fazer disto uma competitividade é desperdício de tempo.
A única pessoa com quem você deve competir é com você mesmo.

6. Pare de reclamar e sorria!
Faça alguma mudança caso um objetivo esteja difícil de ser alcançado.
A vida é uma longa jornada, coloque um pouco de diversão e felicidade!

7. Seja gentil com você mesmo
Evite ser excessivamente autocrítico.
Seja quem você é, pare de sentir que nunca fez o suficiente.

8. Atitude já!
Se você quer realizar algo, pare de esperar e comece a produzir seus sonhos.

9. Compartilhe seus planos e desejos
Quanto mais rápido você compreender que todas as coisas são mais divertidas realizadas em conjunto, mais rápido vai perceber que é uma opção gratificante e será mais fácil de atingir seus objetivos.

10. Pratique o perdão
O rancor é um desperdício de tempo e um obstáculo para a sua felicidade.
Quanto mais cedo você perdoar, mais cedo poderá seguir adiante.

11. Arrisque-se em novos horizontes
A vida é repleta de possibilidades e chances, permita-se a cometer erros e aprender com eles.
O único erro que pode realmente prejudicar você é evitar viver a sua vida.

12. Diga “Eu posso!”
Se você pensa que pode ou pensa que não pode, você sempre vai estar certo.

13. Aprender coisas novas
Crie o hábito de manter sua leitura atualizada, faça cursos de seu interesse e aproveite para praticar o networking com pessoas ao seu redor.
Aprendizagem nunca é demais e abre muitas portas.

14. Permita-se mudar de opinião
Estamos em constante evolução.
Com o passar do tempo você vai adquirir novas experiências, então é normal e inteligente mudar de opinião sobre determinados assuntos.

15. Ajude outras pessoas
A vida retribui coisas boas!

16. Perceba a beleza em pequenos momentos
Ao invés de esperar grandes acontecimentos, encontre a felicidade nas pequenas coisas que acontecem todos os dias. Valorizar a brisa da manhã, um jantar com os amigos ou uma música que você gosta, pode trazer um brilho especial ao seu dia a dia.

Devemos estar dispostos a seguir adiante abrindo possibilidades para a nova (e linda!) vida que está esperando por nós.

Feliz ano novo!

Dicas de decoração sustentável para sua árvore de Natal

-

O Natal já chegou em diversos shoppings e lojas do país. Até em escritórios e fachadas de empresas, a decoração natalina já está marcando presença!

A ansiedade para começar a decoração em sua casa pode ser grande, mas você não está atrasado.
Segundo a tradição católica, a árvore deve começar a ser montada no dia de 30 de novembro – que é o começo do período do advento para a Igreja.

Vale lembrar que a árvore não deve ser decorada de uma vez: a montagem deve ser aos poucos, acrescentando enfeites e adereços durante as próximas quatro semanas – para a religião católica, este é um tempo de preparação. Sua árvore deve estar bem bonita a partir de 17 de dezembro, momento em que a Bíblia começa a falar do nascimento de Jesus.

Pensando nisto, fizemos uma seleção que promove a ideia sustentabilidade de forma criativa, moderna e inovadora com o símbolo mais tradicional das festas de dezembro.

Obs.: Em 6 de janeiro (Dia de Reis), de acordo com esta tradição, é o dia de desmontar a árvore de Natal.

 

 

 

 

 

3 coisas que seus ouvidos gostariam de dizer para você

-
Alguma vez você já olhou para o seu animal de estimação e desejou que ele pudesse dizer o que esta pensando?
Você poderia tentar visualizar esta conversa com partes de seu corpo. Será que estamos tratando bem de nosso organismo?
Um exemplo, você sabe o que está fazendo com seus ouvidos?

Se seus ouvidos pudessem falar, aqui está o que eles diriam:

– Nós não somos tão sujos quanto você pensa

Você foi ensinado que é necessário limpar os ouvidos com um cotonete, certo?!
Sempre queremos ter o canal interno do ouvido completamente limpo, e para a maioria de nós, este hábito começou quando éramos criança.
Mas a cera é benéfica para seus ouvidos, protegento a pele do seu canal auditivo e oferecendo uma proteção natural contra bactérias e água.
Quando a limpeza manual não é realizada, a cera migra naturalmente para fora de sua orelha.
Utilizar cotonete também pode empurrar a cera para dentro do ouvido, causando traumas na parede do canal auditivo ou na membrana timpânica.

Dica:
A melhor maneira de limpar seus ouvidos é utilizar uma toalha após o banho na área externa da orelha.

– As orelhas são completamente sob apreciadas
As orelhas oferecem funções que não estamos sequer conscientes, por exemplo, você sabia que o aparelho auditivo ajuda a equilibrar?
O ouvido interno tem duas funções: a audição e o equilíbrio.
Dentro do seu ouvido, temos minúsculas células que transportam informações de movimento e sinais diretamente para o cérebro.

Uma vez que o cérebro recebe as mensagens, ele processa as informações junto com outros sentidos e encaminha sinais para os músculos, mantendo um equilibrado perfeito.

– Sua audição não vai ficar melhor com a idade
Mesmo possuindo uma boa genética, nada pode protegê-lo de danos auditivos.
Tenha consciência e adquira medidas preventivas o mais breve possível.

A perda auditiva induzida por ruído afeta 1 em cada 6 adolescentes e os números estão subindo graças à nossa dependência da tecnologia (como fones de ouvido e sistemas de som).
Selecione abaixo algumas matérias sugeridas aqui no blog da Atenua Som:

6 Dicas de pensamentos positivos para melhorar sua vida

 

Sua forma de pensar positivamente é tão importante quanto ter uma ótima ideia.
Desenvolver uma mentalidade positiva, possivelmente mais do que qualquer outro fator, determina o seu sucesso e poderá trazer benefícios para todas as áreas de sua vida.

O resultado pode ser comprovado rapidamente, afinal, você “É” o que você pensa!
Assim que você começar a criar uma mentalidade positiva, vai imediatamente começar a mudar seu comportamento.

Aqui estão seis mentalidades que vão melhorar radicalmente o seu negócio e sua vida.

1. Auto-confiança
Antes de iniciar qualquer atividade, você precisa ser capaz de confiar em si mesmo e acreditar em suas capacidades.
O sucesso não é algo que simplesmente acontece, mas algo que você cria.
Adquirir a confiança necessária para banir pensamentos negativos é uma ação para ser exercitada diariamente.

2. Estabelecer metas
Saber o que você quer e desejar alcançar são duas coisas diferentes.
Para auxiliar na motivação, conheça seus objetivos.
Dica: crie pequenas metas para o desafio final ser concluído, será gratificante avaliar seu crescimento no futuro.
Definir metas elevadas podem criar uma fadiga e o risco de desistência é grande.

3. Tenha paciência
Existe um pequena linha entre o avançar e o ficar parado.
As pessoas mais bem sucedidas possuem a habilidade de seguir em frente, mas também possuem a qualidade de ter paciência para esperar o momento ideal.
Pessoas impacientes tendem a perder grandes oportunidades.

4. Seja corajoso
Fazer qualquer coisa grande requer coragem, mas o medo sempre tem uma maneira de aparecer.
Coragem não significa não ter medo; ter coragem significa enfrentar seus medos.
A coragem é como um músculo que você pode fortalecer com o uso. Pratique!

5. Mentalidade positiva
Ter pensamento positivo e ter uma boa atitude vai determinar muito sobre sua vida.
Um exemplo: Em vez de pensar nas razões pelas quais você não pode ou não deve realizar alguma atividade, mantenha o foco nas razões pelas quais você pode obter sucesso. A felicidade não vem de circunstâncias, ela é produzida dentro de você.

6. Aprendizagem
Só porque você está batalhando arduamente uma conquista, não significa que você não está aprendendo.
Cada pequena falha é um grande ensinamento e tudo que você aprender pode ajudar em seu crescimento pessoal.
Se você não está disposto a aprender, ninguém poderá ajudar; se estiver determinado a aprender, ninguém poderá impedi-lo.

Todo grande sucesso requer algum tipo de “batalha”, e coisas boas realmente aparecem para aqueles que trabalham duro e se esforçam para perseguir seus objetivos e sonhos em que acreditam.

Para mudar radicalmente sua vida, você tem que mudar a si mesmo.
Comece a construir sua nova mentalidade hoje – bons pensamentos ajudarão a realizar suas tarefas hoje e manter você na direção aos seus objetivos agora.

6 cores que impulsionam a criatividade, felicidade e produtividade no escritório

-
Pensando em reformar o ambiente de trabalho e criar um ambiente produtivo?
Precisa criar uma local inspirador para reforçar a equipe do escritório?
Criar um espaço com mais foco para concluir grandes projetos?
Especialistas em design afirmam que incluir um pouco de cor no escritório pode ser uma ótima alternativa!
Inserir os tons corretos em seu espaço de trabalho podem fazer maravilhas para a sua felicidade e produtividade.

Confira algumas sugestões de especialistas:

laranja


Laranja

Ideal para ambientes com reuniões dinâmicas e
para quem costuma ficar trabalhando durante a noite.
A cor laranja é a cor da “energia em alta potência”,
pode aumentar o desempenho criativo e simboliza a resistência.

azul
Azul

Tons de azul são calmantes e promovem um sentimento de confiança.
O azul funciona bem em lugares detalhistas,
como escritórios de advocacia ou de contabilidade.

branco

 

 

Branco
O branco tem sido associado aos ambientes médicos e estéreis.
Quando o ambiente possui muita luz natural,
podemos criar uma sensação de espaço e auxiliar na criatividade.


vermelho
Vermelho

A cor vermelha tradicionalmente está associada com raiva
e que pode prejudicar a capacidade de concentração.
Mas o vermelho também tem sido utilizado para colocar as taxas do coração em dia, por isso é bom para ambientes com muita atividade física,
como academias e espaços para diversão.

amarelo
Amarelo

Um dia ensolarado representa um “Bom Dia”, as pessoas amam a luz do sol.
Quando olhamos para o amarelo, podemos sentir uma sensação de otimismo!
Mas aos amantes da cor do girassol, um aviso:
– Amarelo também causa fadiga ocular, pois reflete muita luz.

verde

Verde
Precisando cultivar novas ideias?
Inclua no ambiente peças com esmeraldas e jades. A cor verde comprovadamente impulsiona o pensamento criativo.
Dica: o verde é uma boa cor para usar em um espaço onde você está tentando encorajar um evento de brainstorming.