Posts

A música que você está ouvindo pode afetar seu humor

-

São vários os fatores que transformam o começo do seu dia com alto-astral: uma boa noite de sono, estar com boa saúde, ter em mente um bom dia de trabalho e etc… mas o que você talvez não saiba é que qualquer coisa que você estiver ouvindo tem a capacidade de afetar completamente o seu humor.

Vamos destacar as faixas musicais que você costuma ouvir, a música pode mudar completamente o seu estado de espírito!

Um recente estudo feito pelo “Centre for Interdisciplinary Music Research” (Centro de Pesquisa Interdisciplinar de Música) das universidades University of Jyväskylä, Aalto University na Finlândia e Aarhus University na Dinamarca, relatou que a saúde mental do paciente está diretamente relacionada ao que foi ouvido no mesmo dia, então a dica é ter mais cuidado ao selecionar sua trilha sonora diária para não afetar o seu humor.

Usando observações comportamentais e informações fornecidas através de mapas da atividade no cérebro, os cientistas descobriram que os receptores neurais trabalham de forma diferente dependendo do que o paciente estava ouvindo, seja uma música melancólica ou um ritmo alegre.

No teste, os pacientes que ouviam música lenta muitas vezes tinham experimentado sentimentos de solidão e depressão, enquanto os pacientes que ouviam músicas com letras otimistas e agitadas conseguiam obter um dia mais produtivo e animado durante suas tarefas do restante do dia.

Mas a questão ainda permanece: Como é que tudo funciona?

Uma área inteira do cérebro, controlada por receptores neurais minúsculos, é dedicada ao inconsciente e emoções.
Mesmo sem você perceber, o seu cérebro está em atividade constante controlando suas emoções e esses minúsculos receptores estão funcionando de forma diferente. Eles são rapidamente influenciados por tudo o que recebe através da audição – músicas, poluição sonora, ruídos externos e do ambiente de trabalho.

Se você está preparado para contribuir positivamente na maneira como está se sentindo a cada dia, selecionamos três dicas rápidas para manter seu cérebro feliz com uma pequena ajuda musical.

1. Músicas românticas
Limite-se a ouvir até cinco músicas lentas (com temas tristes e românticos) por dia e depois mude para algo otimista.
Se você adora sons calmos ou músicas melancólicas durante seu trajeto ao trabalho, faça uma seleção de faixas musicais animadas e com alto-astral para testar como seu dia será melhor!

2. Ouça o ruído branco
Estudos demonstram que o ruído branco é uma ótima alternativa para música e também é uma boa ferramenta para relaxamento.
A dica é optar também por áudios com o barulho da chuva, de floresta ou mesmo do oceano. Existem vários aplicativos oferecendo trilhas sonoras da natureza e é fácil localizar o tema no Youtube.

Veja dicas de aplicativos aqui no Blog da Atenua Som na matéria: “Saiba usar a música e outros sons em seu benefício”

3. Já ouviu um podcast ?
Não gosta de ouvir música de manhã e busca algo um pouco mais suave ou informativo para o seu trabalho matinal?
Tente um podcast!
Procure o áudio de seu programa de TV favorito, de blogueiros que comentam sobre o seu tema preferido ou de material publicado da imprensa especializada, além de contribuir com o seu lado cultural os podcasts são uma ótima alternativa para agradar seus ouvidos.

Indiferente do seu estilo musical, tenha a mente aberta para conhecer novos estilos musicais e o trabalho de outras bandas e músicos.
Quando perceber as mudanças em seu humor diário, a busca por novidades será cada vez mais gratificante!

Saiba usar a música e outros sons em seu benefício

 

Vamos falar sobre o uso de música e sons suaves para ajudar a controlar o estresse, a técnica pode ser utilizada em qualquer momento para relaxar.

Estudos afirmam que o uso da música e seus efeitos de cura já são utilizadas há séculos. Os antigos gregos usavam sons como uma terapia de cura e muitos pesquisadores hoje estão usando-a para tudo, de câncer a transtorno de déficit de atenção.

Benefícios da Música

A pesquisa mostrou que as ondas cerebrais respondem ao ritmo da música.
Um ritmo alegre pode trazer um estado mais alerta e ajudar na concentração, enquanto sons mais suaves e lentos contribuem para um estado calmo e meditativo. Os efeitos da música podem durar além do tempo de escuta e pode ajudar o cérebro a trocar as marchas mais prontamente quando necessário.

Junto com as mudanças nas ondas cerebrais vêm as alterações no sistema nervoso autônomo, que regula a respiração e os batimentos cardíacos.

Música calma pode retardar a respiração, frequência cardíaca e levar a redução do nível de cortisol – hormônio do estresse – e recompor o bom estado de saúde, ajudando o estímulo ao relaxamento.

A música pode contribuir para o controle da depressão, da ansiedade, ajudar a aumentar o otimismo e criatividade.

Estudos têm demonstrado que a música pode ajudar a aumentar a imunidade, reduzir a pressão arterial e aliviar a tensão muscular. Todos estes benefícios podem conduzir a um nível mais elevado de bem-estar.

Incorporando música na sua vida

Enquanto musico terapeutas podem trabalhar com indivíduos para lidar com preocupações específicas, você pode incorporar a música na sua vida em seu próprio país e desfrutar de muitos dos benefícios. A seguir estão algumas sugestões:

Use a tecnologia:
MP3 players permitem que você personalize suas escolhas musicais e ouvi-los através de fones de ouvido. Essa experiência ajuda a bloquear as distrações e permitir a concentração e a meditação. Fones de ouvido também podem ser úteis se você estiver com dificuldade de audição.

Alteração de humor:
Crie uma seleção de músicas alegres, com letras felizes e que faça lembrar bons momentos.

Como antiestresse:
Se você está tendo alguns momentos de estresse, sentimento apressado ou frenético – dedique alguns instantes para ouvir alguma música calma e relaxante. Este pode ser a voz calma de um cantor, sonatas de piano clássico, música de harpa ou hinos espirituais. Feche os olhos e se deixe levar pela música.

Seu cérebro e corpo irão responder na mesma moeda e trazer um estado mais calmo.

Exercite-se:
Todos nós precisamos nos exercitar regularmente, diariamente, se possível. Música com uma batida feliz pode ser estímulo real para que você cumpra essa rotina de exercícios. A reprodução de música durante os exercícios pode ajuda-lo a balançar o braço um pouco mais fácil, ou dar passo um pouco maior ou colocar um pouco mais de entusiasmo nos exercícios. Você provavelmente vai ter um sorriso em seu rosto quando você tiver terminado acabado.

Seja Sociável:
Compartilhar música é uma ótima maneira para estar junto dos amigos.
Cantorias, karaokê, concertos, bailes e afins unem as pessoas em torno de um tema comum e muitas vezes para relembrar os velhos tempos.

Durma bem:
Se você tiver problemas para dormir, a música pode ajudar.
Em vez de assistir ao noticiário tarde da noite antes de ir dormir, tente ouvir uma música relaxante. Você também pode tentar acalmar com CDs com sons da natureza, como pássaros, a água e os sons da floresta.

Algumas pessoas também consideram o “ruído branco” – tipo de ruído produzido pela combinação simultânea de sons de todas as frequências – útil para pegar no sono. Você pode comprar máquinas de “ruído” que tem inúmeras opções.

Ficou interessado?
Confira o vídeo abaixo:

Fonte: BLOG DO ITIO

Direitos da imagem: <a href=’https://br.freepik.com/fotos-vetores-gratis/musica’>Música foto criado por freepik – br.freepik.com</a>